As reportagens multimídia de 2017: circo, novelas, refugiados e muito mais

Todo ano, é comum que os alunos de jornalismo digital produzam suas próprias reportagens multimídia. Em 2017, muitas pautas surgiram, dando origem a sites cheios de informação, com texto, fotos, infográficos, vídeos e fotos. E é claro que essas reportagens multimídia não poderiam deixar de serem divulgadas aqui, no blog Redação 8022. Confira:

  • De malas prontas:  Nos últimos anos, principalmente em função da crise que assola o Brasil, destaca-se uma enorme quantidade de jovens que buscam oportunidade de estudo e trabalho fora do país, seja para completar a bagagem adquirida na faculdade, fazer uma pós-graduação, conhecer novas culturas, aprender um novo idioma ou novas possibilidades na profissão.
  • Carros antigos: O som de motores que parece até um rugido, o cheiro que faz lembrar a infância, pinturas que despertam a criatividade e o brilho cromado que ofusca qualquer outra visão – veículos antigos e raros – uma imagem que traz  nostalgia a qualquer um que observa.
  • Circo Crescer e Viver: Em um mundo em que a tecnologia domina diariamente, a diversão e o entretenimento se mantém a um clique. O respeitável público ainda prestigia circos como o Crescer e Viver, localizado em frente à estação do metrô ‘Praça Onze’, na Cidade Nova, centro da cidade do Rio de Janeiro.
  • O impresso na era digital: Como é a relação do leitor com o jornal impresso em plena era da internet? Ainda existem aqueles que o buscam ou ele irá se extinguir?
  • Projeto Cosplay: Cosplay é a arte de se transformar em um personagem utilizando de maquiagem, interpretação, vestuário e demais técnicas exigidas pelo alter ego do artista ou do personagem que está interpretando.
  • Epidermólise Bolhosa: Pouco conhecida no Brasil, a EB é uma doença de pele grave e rara, herdada geneticamente e não contagiosa, ainda sem cura. Conheça mais sobre a Epidermólise Bolhosa e como vivem os portadores dessa doença.
  • Artistas de Rua: A rua, por ser um dos principais locais de expressão social, pode ser comparada ao palco de teatro. A qualquer momento um novo espetáculo pode estar prestes a começar, já que ela é o lar de muitos artistas de rua. Em sua maioria, eles ganham a sua vida com apresentações rápidas, que, muitas vezes, passam despercebidas aos olhos apressados dos espectadores.
  • Mercado do sexo: Descubra um pouco sobre esse mercado, que no ano de 2017 crescer em 2,8% no Brasil. Por que será que as pessoas buscam cada vez mais pelo prazer?
  • Diário do Pilates:Originado na Alemanha, a prática vem ganhando cada vez mais importância no cenário brasileiro. E se destaca justamente por ter um diferencial de tantas outras, pois além de trabalhar o corpo, também trabalha a mente, buscando o equilíbrio entre as duas partes.
  • Art Drag: Homem que se veste de mulher, maquiagem completamente carregada e roupas exóticas, sendo por meio de diversão ou remunerado.Talvez assim pode-se iniciar uma definição simples, buscada no dicionário sobre o que são as Drag Queens. Porém, a palavra tem acima de tudo um significado muito maior e foi abraçada pelo mundo inteiro para estabelecer uma forma de arte.
  • Voluntariado:  Ato de doar tempo e conhecimento para fomentar uma sociedade por meio de ações não remuneradas, mas de extremo valor para comunidade. Essa é a definição básica do termo, porém, ao entrar em contato com pessoas que fazem dessa prática um estilo de vida, essa descrição é acrescida de muitos outros adjetivos e emoções.
  • Neymar Junior pelo mundo: 25 anos de ousadia e alegria. Conheça a história do jogador de futebol que começou no Santos, time de São Paulo, e ganhou o mundo.
  • Ideia em Construção: Confira depoimentos de pessoas que obtiveram sucesso no empreendimento, vídeos motivadores e dicas de como acertar ao abrir o próprio negócio.
  • Descubra o Rio: Descubra a história de prédios e locais que, em algum momento da história, foram importantes para a formação da identidade cultural do Rio de Janeiro.
  • Liberdade da Música: Para muitos, a música é a principal arte em todo o mundo, desde tribos indígenas, até em grandes cidades. Ela é, em especial, uma forte presença artística na cultura e atua hoje como um “capacitor” da liberdade de expressão no país em momentos como a ditadura militar ou no período sociopolítico recente.
  • Comic Something: Conheça muito além dos quadrinhos e de suas histórias na reportagem multimídia Comic Something.
  • Longe de Casa: Entenda melhor o universo dos refugiados, descubra como o número de pessoas que vêm para o Brasil tem crescido nos últimos anos.
  • Ciência Brasileira: Viver de ciência e pesquisa cientifica no Brasil não é algo fácil.  
  • Novelas de Glória: Glória Perez: A autora que conquistou o horário nobre levando para as telinhas dramas sociais e um olhar sobre as culturas estrangeiras.
  • Colorido Hair: Rosa, amarelo, azul, arco-íris, são muitas as opções de cores para pintar e deixar as madeixas muito modernas. Veja a reportagem multimídia e descubra que Pintar os cabelos não é uma prática moderna.
  • Projeto Rap: A cultura que precisa de espaço. O rap contagia muitas pessoas  no mundo, mas ainda não conquistou seu lugar em definitivo. Ainda há bastante preconceito relacionado a esse estilo musical e isso atrapalha uma ampla difusão dessa ideologia.
  • Barbudos: Conheça a pogonofilia, uma atração que leva às mulheres a desejarem muito mais do que barba, cabelo e bigode.  
  • Animais na rua:
    No Brasil tem mais bicho do que criança. São cerca de 132 milhões de animais domésticos contra 59,7 milhões de baixinhos. O país foi considerado o terceiro maior mercado do mundo em faturamento no setor pet, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Apesar da economia pulsante no segmento, há 30 milhões de bichinhos que não possuem um lar e vivem abandonados nas ruas.
  • Rap no topo: O Rap é o gênero musical mais escutado no mundo, é o estilo de música mais consumido entre os americanos também, superando, inclusive, o Rock.
  • Abandono Parental: Entregues à própria sorte: conheça a história de pessoas que foram vítimas de abandono parenta.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s